Estude em Portugal usando a nota do Enem

Tempo de leitura: 3 minutos

Muitas pessoas concluem o ensino médio, já querem ingressar na universidade, para estudar e futuramente seguir uma carreira. Desse modo fizemos esse artigo, com tudo o que você precisa saber sobre estudar em Portugal usando ENEM. Não fique por fora!

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), foi criado em 1998 com o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da educação básica e contribuir para a melhoria da qualidade deste nível de escolaridade, desse modo, o programa sofreu diversas alterações que têm contribuído para a democratização das oportunidades de acesso ao ensino superior Brasil. Mas não é só isso, o Enem também é aceito em algumas instituições de educação de Portugal.

Quem pode usar a nota do ENEM?

Qualquer brasileiro (a) que tenha feito ENEM e que não tenha dupla nacionalidade, certamente, pode se candidatar para estudar em Portugal usando a nota do ENEM.

No entanto, a nota de corte vai variar de universidade para universidade, mas a média oscila 500 pontos. Consequentemente, o aluno deverá buscar no edital de abertura das candidaturas de cada curso a nota mínima especificada por cada instituição. 

Como se candidatar nas universidades de Portugal usando ENEM

Cada universidade pode pedir documentos específicos, assim e bom ficar atento ao edital.

Os documentos comuns a todas as candidaturas são:

Cópia do documento de identificação;

Cópia do comprovante de término do ensino médio;

Cópia do documento com as notas do ENEM;

Carta de motivação (opcional);

Declaração sob compromisso de honra de que cumpre com todos os requisitos necessários para a candidatura.

Quando devo me candidatar?

Como cada universidade tem autonomia para escolher data de abertura de candidatura, os interessados devem ficar atentos ao edital da universidade e cursos pretendidos, para assegurara  a vaga. 

As candidaturas costumam ter 3 fases, sendo a segunda e a terceira somente para vagas que sobram. 

Normalmente as épocas das candidaturas são:

1ª fase: janeiro e fevereiro;

2ª fase: março e abril;

3ª fase: de maio a julho.

Universidades portuguesas que aderiram ao programa

Os convênios começaram a ser firmados no ano de 2014 e, desde então, só tem se intensificado. Atualmente, o Enem é adotado como critério de seleção de brasileiros em diversas  instituições portuguesas. São elas:

  • Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário;
  • Escola Superior Artística do Porto;
  • Escola Superior de Enfermagem de Coimbra;
  • Escola Superior de Saúde do Alcoitão;
  • Instituto Leonardo da Vinci – ILV;
  • Instituto Politécnico da Maia;
  • Instituto Politécnico de Beja;
  • Instituto Politécnico de Bragança;
  • Instituto Politécnico de Castelo Branco;
  • Instituto Politécnico de Coimbra;
  • Instituto Politécnico de Guarda;
  • Instituto Politécnico de Leiria;
  • Instituto Politécnico de Portalegre;
  • Instituto Politécnico de Santarém;
  • Instituto Politécnico de Setúbal;
  • Instituto Politécnico de Viseu;
  • Instituto Politécnico do Cávado e do Ave;
  • Instituto Politécnico do Porto;
  • Instituto Universitário da Maia;
  • Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida;
  • Universidade Católica Portuguesa;
  • Universidade da Beira Interior;
  • Universidade da Madeira;
  • Universidade de Algarve;
  • Universidade de Aveiro;
  • Universidade de Coimbra;
  • Universidade de Lisboa;
  • Universidade do Minho;
  • Universidade do Porto;
  • Universidade dos Açores;
  • Universidade Europeia;
  • Universidade Fernando Pessoa;
  • Universidade Lusíada;
  • Universidade Lusíada – Norte;
  • Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias;
  • Universidade Lusófona do Porto;
  • Universidade Portucalense.

Quer garantir a vaga na Universidade dos seus sonhos? Prepara-se com que mais entende de aprovação: Curso Enem 2019 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *